segunda-feira, 11 de maio de 2020

Auxílio Emergencial: Caixa aguarda governo federal divulgar novo calendário para detalhar pagamento da 2ª parcela


O vice-presidente de varejo da Caixa Econômica Federal (CEF), Paulo Henrique Angelo, disse que o banco aguarda o governo federal divulgar o novo calendário do Auxílio Emergencial para detalhar como será feito o pagamento das próximas parcelas.

"Quanto ao calendário, esta divulgação será feita pelo governo federal. A Caixa aguarda essa divulgação para aí sim passar detalhes operacionais deste pagamento", disse durante coletiva de imprensa nesta segunda-feira (11).

Ele informou ainda que a Caixa espera receber até esta terça (12) um novo lote da Dataprev e do Ministério da Cidadania com as respostas dos pedidos de auxílio que estão em análise.

"Assim que recebermos o arquivo, nós faremos o processamento e comunicaremos os detalhes de pagamento para as pessoas que foram contempladas", afirmou Angelo.

Durante uma reunião virtual da comissão mista do Congresso, o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, reforçou que 17 milhões de pessoas que solicitaram o auxílio devem receber resposta até amanhã, destaca o Valor Online.

3 comentários:

  1. Eu acho q o auxílio deveria ser pago assim:fez o cadastro fez foi sprovado fui abrir conta no banco de minha esvolha fazia um cartao so pra receber com uma senha o banco avisaria q o cartao tinha chegado a gente ia buscar no banco com ja com calendario feito pronto so ir no banco ou na loterica seria mais rapido mais facil.Seriamais ou mais ou menos igual bolsa familia e ainda teria menas aglomeracao eu acho.

    ResponderExcluir
  2. Eu acho q o auxílio deveria ser pago assim:fez o cadastro fez foi sprovado fui abrir conta no banco de minha esvolha fazia um cartao so pra receber com uma senha o banco avisaria q o cartao tinha chegado a gente ia buscar no banco com ja com calendario feito pronto so ir no banco ou na loterica seria mais rapido mais facil.Seriamais ou mais ou menos igual bolsa familia e ainda teria menas aglomeracao eu acho.

    ResponderExcluir