segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

"O espírito público anda longe dessa gestão!" Afirma Charton Rêgo.



A Fala de Charton Rêgo nesta quinta-feira (01) na sessão foi de profundo lamento com o que clássicos como sendo um desrespeito a comunidade surda, diante do que aconteceu nos últimos dias a cerca do projeto de lei que o vereador apresentou a casa e que foi aprovado recente, mas que no entanto, o prefeito vetou.

Charton Rêgo fez questão de avaliar todos os momentos da construção dessa matéria e os dois meses de reuniões, encontros e discussões sobre o projeto, que contou com o apoio da comunidade surda, de técnicos do assunto, além de toda uma assessoria jurídica para garantir a constitucionalidade do projeto.

Uma vez vetado o projeto, precisaria de 2/3 da câmara para que o mesmo fosse derrubado e a lei entrasse em vigor, no entanto, mesmo tendo sido aprovado por unanimidade, nesta última quinta, 5 vereadores votaram contra a matéria.

Charton Rêgo classificou de vergonhosa essa atitude de parte do parlamento e cobrou explicações pela rejeição de um benefício de inclusão social. O vereador, ainda repudiando as atitudes e manobras do governo, reforçou o discurso de fiscalização e decidiu ali mesmo intensificar os trabalhos junto ao Ministério Público nas investigações de casos de supostas fraudes e ilicitudes, usando como exemplo a operação Tapa-Buraco, que já faz parte de sua fala em varias sessões.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Governo do RN adia para dia 15 fração 2 da retomada das atividades econômicas

O Governo do RN publica no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira, 08, o decreto 29.815, de 07 de julho de 2020, que adia o iníci...